Ter uma Smart Home é poupar: conheça os dispositivos que precisa

Ter uma SmartHome é poupar: conheça os dispositivos que precisa

Tarefas automatizadas e controlo na palma da sua mão: as casas inteligentes são o futuro e também se traduzem em conforto. Saiba o que precisa para ter uma Smart Home e poupar nas despesas domésticas.

Os dispositivos domésticos inteligentes podem realmente ajudar a poupar dinheiro? A resposta resumida é sim. Conheça quais são esses dispositivos que o vão ajudar a economizar, ao mesmo tempo que trazem mais conforto à sua habitação e a tornam mais eficiente a nível de energia.

[sc name=”VP” url=”https://www.radiopopular.pt/categoria/smarthome-1/?utm_source=RPT” ]

 

Apostar numa Smart Home é poupar

Iluminação Smart

Entre as despesas domésticas, a conta da luz costuma ser um dos principais gastos. Assim, a iluminação é uma das primeiras transformações no processo de obter uma Smart Home e atingir maior eficiência energética.

As lâmpadas inteligentes tornam a atualização para a automação literalmente tão fácil quanto aparafusar uma lâmpada. São os gadgets ideais pela sua simplicidade de instalação, facilidade de utilização e preços acessíveis. Uma vez que todas as lâmpadas inteligentes são LED, a economia de energia já está incorporada.

Já lhe aconteceu sair de casa e ficar na dúvida sobre ter deixado as luzes acesas? As lâmpadas inteligentes podem ser geridas remotamente através de uma aplicação num dispositivo móvel de sua preferência, ou por controlo de voz através de um assistente virtual (como a Alexa ou o Google Assistant).

[sc name=”CJ” url=”https://www.radiopopular.pt/categoria/iluminacao-smart-2/?utm_source=RPT” ]

Alguns destes dispositivos inteligentes também possibilitam o envio de notificações, para que saiba, por exemplo, que deixou a luz acesa no quarto. Torna-se, assim, mais fácil fazer a gestão de despesas domésticas e evitar desperdícios energéticos.

As luzes inteligentes também podem ser programadas de forma a ajudar na regulação da rotina da família, marcando momentos como a hora de dormir, a hora da sesta ou a hora de acordar e começar o dia. A intensidade poderá ser regulada, bem como a mudança de cor de acordo com as suas necessidades e vontades.

Tomadas Inteligentes

Caso prefira manter as suas lâmpadas atuais, seja por motivos de design ou outros, as tomadas inteligentes surgem para colmatar essa questão. Através das tomadas pode ligar qualquer equipamento, seja ou não relacionado com iluminação, e usufruir de várias vantagens inerentes a uma Smart Home.

Uma delas é a possibilidade de definir um temporizador, criando uma contagem decrescente até que a energia seja cortada ou programar as horas em que se pretende que os aparelhos estejam ligados.

Dependendo do modelo, estas tomadas deverão ter acesso à rede doméstica através da wi-fi, podem ser controladas através de uma aplicação dedicada, e o seu tamanho e desenho deverá ser discreto, a ponto de não obstruir outras tomadas e não consistirem um obstáculo ao design da divisão onde se inserem.

[sc name=”CJ” url=”https://www.radiopopular.pt/categoria/tomadas-inteligentes-2/?utm_source=RPT” ]

Alguns destes dispositivos enviam notificações — provavelmente através da app — de forma a que seja informado se deixou alguma luz acesa ou o aquecedor ligado, por exemplo.

Apesar de todas estas características que poderão ser usadas para economizar em despesas domésticas, aquela que causará maior poupança será conhecer o consumo individual de cada aparelho. Com uma tomada inteligente pode saber explicitamente qual o eletrodoméstico que mais consome e, assim, dosear a sua utilização ou determinar que este precisa de ser substituído por uma versão mais recente.

Sensores e detetores

Um sensor capaz de detetar quando chega a casa é uma aposta segura como forma de economizar energia através de cenários de automatização que tenha presentes na sua casa. Aliás, até é uma questão de conforto.

Uma das vantagens de uma Smart Home é a conectividade entre os vários dispositivos inteligentes, que funcionam por si mesmos, mas também operam melhor quando conectados com outros. Os sensores podem ligar-se a outros equipamentos smart para lhes indicar quando devem começar a funcionar.

[sc name=”CJ” url=”https://www.radiopopular.pt/categoria/sensores-e-detetores-2/?utm_source=RPT” ]

Por exemplo, quando entra em casa, o sensor deteta essa ação e liga as luzes nas divisões que selecionou previamente. De Inverno, pode ligar a tomada inteligente onde o aquecedor está conectado.

Um detetor específico de água é importante para detetar vazamentos de água, de forma a evitar qualquer desperdício — o que se traduziria na conta da água — e com o benefício adicional de manter a sua casa, os seus pertences e a sua família a salvo de qualquer possível inundação ou criação de mofo.

 

Sem Internet, nada feito

Como assegurar o bom funcionamento de todos os dispositivos da Smart Home para que possa poupar sem nada a impedir? Através de ligação à Internet fiável, segura e eficiente.

Uma das formas de saber se os seus dispositivos se estão a conectar à velocidade máxima é através de um serviço de Internet por fibra (em oposição ao cabo tradicional). Além de garantir que os seus aparelhos de casa inteligente funcionam com eficiência, no geral, a Internet por fibra oferece tempos de carregamento rápidos, velocidades de download e upload igualmente rápidas e streaming de alta qualidade para vários utilizadores e dispositivos conectados ao mesmo tempo.

Essa combinação de fiabilidade e velocidade torna o serviço de Internet por fibra uma combinação perfeita para qualquer Smart Home ou aspirante a isso.

Naturalmente que para usufruir da fibra precisa de equipamentos capazes de difundir devidamente a rede em sua casa, como os routers. Para habitações maiores poderá ser necessário algum dispositivo que prolongue o alcance da rede, como é o caso de acess points, powerlines, repetidores de sinal ou sistemas mesh.

[sc name=”assina”]