"Mama", Death Stranding / PlayStation®4 spotlight trailer
"Mama", Death Stranding / PlayStation®4 spotlight trailer

Streaming: o que precisa de saber antes de entrar “em direto”

"Mama", Death Stranding / PlayStation®4 spotlight trailer
“Mama”, spotlight trailer de Death Stranding / PlayStation®4

Quer jogar em direto para milhares de pessoas online? O streaming é cada vez mais popular. Saiba o que precisa antes de iniciar a sua carreira como streamer.

Streaming é uma forma de distribuição digital, frequentemente usada para distribuir conteúdo multimédia através da Internet. Live streaming é quando essa distribuição ocorre “ao vivo”, ou em direto.

Em vez de simplesmente jogar, se a ideia de milhares de pessoas a assistir enquanto o faz é algo que lhe agrada, saiba que é relativamente simples de transmitir numa plataforma de streaming. Há alguns equipamentos e conhecimento de causa de que vai precisar.

 

Bem-vindo ao streaming

Seja bem-vindo ao streaming. Muitos entusiastas pelo mundo gaming gostariam de iniciar o seu próprio canal de streaming depois de já terem alguma confiança a jogar.

Antes de iniciar a sua transmissão, deve assegurar-se de que tem um hardware de qualidade para capturar voz e vídeo, para poder interagir adequadamente com o seu público. Só depois considerar as opções de software.

 

Iniciar o live: o que é preciso?

Como já foi referido, para dar os primeiros passos no mundo do live streaming irá precisar de algum material adequado. Felizmente para si, pode encontrar tudo o que precisa na Radio Popular.

Antes de mais nada, deve verificar a rapidez da sua conexão à Internet: a velocidade do upload, do download e da transmissão estão dependentes da velocidade da sua Internet, pelo que se não for particularmente boa deverá fazer os possíveis para melhorar essa questão. Ninguém quer ver um vídeo cheio de lag, certo?

Aliás, o ideal é que opte por ligação à rede com fios. Deixe o wireless para outras ocasiões.

De seguida, tem de escolher o jogo que vai experimentar enquanto se filma. Pode começar por alguns dos mais populares nas plataformas de streamingCall of Duty, Fortnite, League of Legends, Hearthstone, FIFA —, embora isso significa que tem de se esforçar por fazer algo de diferente no meio de tanta “concorrência feroz”.

O que importa é que goste genuinamente do que está a fazer e consiga transmitir isso na filmagem.

Gaming rig Asus montado pela Republic of Gamers
Gaming rig Asus montado pela Republic of Gamers

O material necessário

Plataforma: PC ou consola

Qual a plataforma a partir da qual irá fazer streaming? Pode utilizar um computador ou um portátil gaming. Embora isso dependa do jogo que pretende partilhar, é recomendado que possua pelo menos 4GB de RAM, uma placa gráfica avançada — como é o caso das Nvidia GeForce ou das AMD Radeon — e um processador de última geração, como o Intel Core i5 ou i7.

Há muitos streamers que optam por ter mais do que um monitor, para que consigam acompanhar melhor tudo o que está a acontecer.

Já as consolas PS4 e Xbox One permitem que faça streaming diretamente, sem dispositivos nem software extra.

No caso da Xbox One, basta ter a aplicação da plataforma de streaming que escolher. Também pode transmitir diretamente para a plataforma Mixer da Microsoft, que é igualmente fácil de configurar. Na PS4 pode entrar no ar diretamente no menu “Compartilhar” do sistema.

Embora não seja possível personalizar o seu stream da mesma maneira que faria no seu PC, o streaming de consolas ainda é uma ótima maneira de se iniciar nesse mundo.

Placas de captura

No caso de não possuir um computador com capacidade para streaming, como é o caso de alguns computadores portáteis, pode sempre optar pelas placas de captura externas.

Este tipo de placas de captura são soluções para quem pretende juntar a portabilidade à captação de vídeo. Mas por estarem conectadas ao computador via USB, podem tornar a transmissão ao vivo mais lenta do que se estivessem ligadas internamente à motherboard.

Webcam

O equipamento de captura de imagem é, naturalmente, fundamental. Se ainda não tem nada dentro desta área, uma webcam é a solução mais em conta e a qualidade não deixa ninguém desapontado: basta colocar este pequeno aparelho no seu monitor e começar a gravar em 1080p e com um amplo campo de visão (dependendo do modelo).

Algumas têm um anel de luzes LED que permitem capturar melhor a sua cara, bem como a funcionalidade de remoção automática de plano de fundo, o que lhe permite sobrepor-se ao jogo sem a necessidade de um fundo verde. Tenha isso em conta na altura da compra.

Microfone

Há muitas formas de gravar som. Não há muitas formas de gravar com qualidade e, acredite, irá querer que os seus vídeos tenham toda a qualidade a que tem direito. Já não é fácil angariar visualizações com tanta oferta nos canais de streaming, se tiver um vídeo de fraca qualidade será muito mais difícil.

Há muitos modelos de webcam que têm microfone integrado, o que é ótimo, mas não é o ideal para os streamers. Deverá investir num bom microfone. Há muitos modelos com ligação USB, para que possa ligar à plataforma da qual pretende transmitir, e com modos de captação ajustável.

Software

A parte mais essencial do kit de ferramentas de qualquer streamer: o software de transmissão, que lhe permite mostrar a sua jogabilidade ao mundo — isto se tiver optado por transmitir de um PC.

Os mais populares são o Open Broadcaster Software (OBS) e o XSplit. O primeiro é completamente gratuito e o segundo tem uma componente grátis, mas requer uma subscrição paga para poder usar as suas funcionalidades mais importantes.

Outro software que deve considerar é o Gameshow. Com opção paga e gratuita, pode começar o seu streaming em segundos e escolher o seu template.

 

Canal de streaming

Atualmente existe uma grande variedade de canais de streaming, especialmente dedicados ao gaming. O Twitch é, neste momento, o mais popular entre os gamers, sendo seguido pelo Youtube Gaming.

De tal forma têm tido sucesso que recentemente foi anunciado que estes dois canais teriam mais audiência do que outros serviços de streaming, como a Netflix e o HBO Go.

Também o Facebook lançou um canal de gaming denominado Facebook Gaming. Já o Cube TV é outra plataforma que pode ser um bom local para divulgar o seu conteúdo.

 

Nunca se esqueça da sua audiência

Os streamers mais populares não são os que têm necessariamente o melhor equipamento ou os que experimentam os jogos assim que ficam disponíveis. Antes pelo contrário, são os melhores comunicadores e entertainers.

São aqueles que mantém uma comunicação consistente e agradável com os seus fãs e os tratam como se fossem eles a estrela.

Há que ser original — para se diferenciar dos outros milhares de streamers — e consistente, uma vez que as pessoas têm expectativas e gostam de saber com o que contar.

Interaja com quem o está a assistir, nunca se esqueça de que são eles a razão pelo qual faz streaming e terá sucesso. Boas transmissões!

[sc name=”assina”]