Routers

Routers? Saiba como escolher o mais indicado para a sua casa

Routers

Nos dias de hoje, um mundo sem Internet é praticamente inconcebível e quase não há casa que viva sem ela. Contudo pode tornar-se bastante frustrante quando as coisas não correm bem e o wi-fi não funciona. Mas tudo começa com os routers – se não forem os corretos, está o caldo entornado.

Mas como temos a certeza de que temos o router perfeito para a nossa casa? Deixamos-lhe aqui algumas sugestões a ter em conta se quiser tirar o máximo proveito do mundo online.

 

Dicas para escolher o router mais apropriado

router é um excelente aliado para estarmos em constante contacto com o mundo tecnológico, já que é o dispositivo responsável por ligar, através de uma rede wi-fi (a WLAN), diversos aparelhos entre si, distribuindo o sinal da Internet sem precisar de fios.

Mas trabalhar a partir de casa pode não ser tarefa fácil: existem inúmeras distrações que nos podem desviar do foco e, por vezes, a Internet pode ficar bastante lenta o que causa ainda maior insatisfação. Vamos então saber o que ter em conta na escolha do equipamento certo para aumentar a nossa produtividade.

Que frequência e velocidade de banda precisa?

Se decidiu que vai comprar um novo router para a sua casa deve, em primeiro lugar, perguntar-se qual a velocidade mais adequada ao tipo de trabalho ou entretenimento utilizado por si e pela sua família – não só agora, mas também no futuro.

Antes de decidir qual a velocidade adequada para a sua casa, deverá considerar que os equipamentos funcionam em diferentes frequências de banda – os equipamentos podem ser single, dual ou tri-band. Velocidade e frequência andam sempre de mãos dadas, visto que o tipo de frequência de banda está relacionado com a velocidade: maior frequência permite maior velocidade.

A frequência single band dá-lhe uma rede wireless em 2.4GHz, já a dual band disponibiliza uma rede em 2.4GHz e outra em 5GHz (o que permite a transmissão de dados em muito menos tempo).

A maioria dos routers trabalha com redes a 2.4GHz, mas isso pode tornar-se problemático para quem vive em prédios com muitas redes Wi-Fi – os routers podem entrar em interferência e o sinal de rede sai prejudicado. Para tal, recomenda-se a compra de routers que disponibilizem rede em ambas as frequências (2.4GHz e 5GHz) para evitar a interferência com outros aparelhos. Os designados routers AC.

É importante notar que as diferentes frequências de banda implicam velocidades máximas diferentes: 2.4GHz permite velocidades até 600Mbps, presente em routers wireless N (retro compatível com as normas B e G), para tarefas do dia-a-doa como enviar e receber e-mails e navegar no browser; 5GHz permite velocidades até 1730Mbps, presente em routers wireless AC (retro compatível com as normas A, B, G e N) sendo a mais indicada para utilização de videoconferência, videojogos, TV 4K, streaming e transferência de ficheiros grandes.

De notar que este ano serão lançados routers wireless AX, que permitirão velocidades até 2.4Gbps em cada banda, sendo compatíveis com as normas anteriores e indicado para gerir redes onde a quantidade de equipamentos wireless é grande (por exemplo, nas casas inteligentes) e a pensar já nos serviços de TV e streaming a 8K.

Desta forma, deverá ter em consideração o tipo de atividade que irá realizar com mais frequência quando estiver a usar a sua rede wi-fi, de forma a saber qual é a opção mais adequada para si.

Routers

Alguns erros frequentes

Na embalagem de qualquer router wireless encontrará a numeração 802.11, a qual representa a norma wireless suportada, mas são as letras que se seguem que realmente importam.

Um aspeto a ter em consideração é que os routers mais antigos possuem normalmente padrões A ou B/G, com uma taxa de transferência de dados menor. Já os routers mais recentes – e por isso com taxas de transferência mais elevadas -, têm padrões N e AC.

Para saber com quais os seus aparelhos são compatíveis deverá consultar o manual de fabricante de cada dispositivo. No entanto é importante ter em conta que em todas as normas existe retrocompatibilidade, garantindo que os routers mais recentes funcionem com as normas anteriores.

Por outro lado, muitas vezes corremos o erro de confundir velocidade wireless do router com velocidade de conexão à Internet, mas isto são coisas diferentes! A velocidade dos routers refere-se à taxa de transmissão na troca de dados e ficheiros dentro da própria rede, a WLAN ou rede local wireless. Por isso, se tiver problemas a conectar-se à Internet, provavelmente é um problema do seu pacote de Internet e não do router e deverá ser analisado junto da operadora.

Qual é o tamanho da sua casa e até onde quer que chegue o sinal?

O padrão N refere-se ao sinal wireless do router que se propaga para as divisões da sua casa. Em condições excelentes estes equipamentos possuem uma abrangência de 100 metros. Mas em ambiente doméstico o que acontece é que o sinal sofrerá atenuação ao atravessar obstáculos e ao colidir com o sinal de outros aparelhos, levando a que possa ser quase inexistente em certos cantos da casa.

Já o padrão AC permite velocidades superiores, mas tem um alcance inferior, com um máximo de 10 metros. No entanto é muito menos suscetível à interferência de sinal de outros equipamentos, apresentando uma solução mais viável.

Se a sua casa for bastante grande ou sentir que não consegue trabalhar em sítios específicos devido ao fraco sinal, pode sempre pensar em adquirir um repetidor de sinal Wi-Fi ou um kit powerline. Outra dica pode ser tentar colocar o router num sítio mais estratégico, de preferência num ponto central da casa, num corredor, etc.

Opte por dispositivos com tecnologia de segurança avançada

Os routers mais antigos possuíam o sistema de segurança WEP, o qual foi substituído pelas normas mais atuais WPA e WPA2. Por essa razão, opte por equipamentos que sejam compatíveis com estes sistemas de segurança. Prevê-se, ainda, o lançamento de equipamentos com encriptação WPA3 para este ano.

Com um router mais atualizado e mais seguro, o seu trabalho poderá ser muito mais produtivo, sem paragens desnecessárias e desespero de 5 em 5 minutos. Com um equipamento mais potente do que o seu antigo, toda a família vai finalmente poder usufruir da rede wireless sem qualquer problema.

[sc name=”assina”]