Mão a segurar numa powerbank

Powerbank: como escolher a sua bateria extra

Mão a segurar numa powerbank

Por vezes, o seu smartphone precisa de um extra de energia. É nessa altura que entra em ação o seu powerbank. Saiba qual a capacidade necessária para aumentar a autonomia do seu telemóvel e como escolher o powerbank que melhor lhe convém.

Se tem um smartphone há algum tempo é provável que a bateria não dure o dia todo. Afinal, toda a nossa vida está no nosso telemóvel, damos-lhe muito uso. É muito útil ter tudo o que precisamos à mão, no bolso, mas essa situação torna-se menos prática quando a bateria falha.

Esse inconveniente é facilmente resolvido com uma bateria externa, mais conhecida por powerbank. Estes carregadores portáteis são uma forma muito prática de colmatar esse problema: são pequenas — algumas cabem no mesmo bolso em que leva o telemóvel —, portáteis, permitem o uso do smartphone enquanto este carrega e há para todos os gostos e bolsos.

Antes de adquirir um powerbank deve tomar conhecimento de algumas características, para que a performance do aparelho não fique aquém das suas expectativas. Para isso, também deve saber algumas especificações do seu telemóvel.

 

Potência do Powerbank versus smartphone

Um dos erros mais comuns é o mau cálculo de miliampere-hora (mAh), número que determina a capacidade da bateria do seu smartphone e do powerbank. Uma bateria externa de 10.000mAh carrega três vezes um telemóvel com uma bateria de 3.000mAh? Não necessariamente.

Não é possível aproveitar toda a carga presente no powerbank: parte da energia é sempre perdida quando passa pelo cabo USB que a liga ao telemóvel, principalmente quando este está degradado. Assim sendo, a bateria externa dificilmente poderá ter a sua carga completamente aproveitada e não é por má qualidade do equipamento.

Apesar de alguns modelos anunciarem disporem de 10.000mAh ou 20.000mAh, a carga real pode ser menor. Vale a pena referir que quando se lida com algo tão delicado como uma bateria vale a pena apostar em vendedores de qualidade reconhecida.

De referir, ainda, que também depende do modelo do seu telemóvel.

 

Portas USB e dimensão da bateria externa

Alguns powerbanks têm mais do que uma porta USB, o que permite ligar dois cabos e carregar dois dispositivos ao mesmo tempo. Claro que a bateria se irá descarregar mais rápido e a carga será dividida pelos equipamentos que estiverem a carregar.

Mas pode ser muito útil no caso de ter dois telemóveis ou um smartphone e um tablet e ambos a precisar de bateria.

Mão a segurar em smartphone que está a carregar com uma powerbank em cima de secretária com outros objetos

Também é importante verificar a corrente de cada porta USB: quanto maior, mais energia vai passar, e mais rápido o seu aparelho será carregado.

Quanto às dimensões, há muitos designs disponíveis no mercado. A sua bateria externa pode ser um retângulo semelhante ao telemóvel, ou pode ter o formato de uma pilha grande, não falta por onde escolher. Desta forma, pode optar pela figura que lhe couber melhor no bolso. Escolha o tamanho certo para si.

 

Atenção aos cabos

O powerbank deve incluir, no mínimo, o cabo para o seu próprio carregamento. No entanto, é comum também incluir os cabos USB para uso com o seu aparelho — tenha em atenção o tipo de cabo que precisa, para que seja compatível, caso contrário, terá de adquirir cabos separadamente, o que acarreta algum custo.

Idealmente, a sua bateria externa carregará com o mesmo tipo de cabo que o seu dispositivo. Desta forma, só precisa de um.

 

Indicador LED

Certifique-se que a sua nova bateria externa tem um indicador LED que permite saber quanta bateria tem, por forma a indicar quando está com pouca energia e precisa de ser carregada, bem como quando já terminou de carregar. Desta forma nunca é apanhado de surpresa com um powerbank sem bateria.

 

Enquanto a bateria do smartphone não é suficiente…

Há muitos dias em que a bateria do nosso smartphone não é suficiente para aguentar todas as tarefas que precisamos de realizar no nosso telemóvel. Assim sendo, há que adaptar às circunstâncias e aproveitar o melhor que a tecnologia atual tem para nos oferecer, nomeadamente um powerbank.

Para estar sempre precavido contra — quase — todas as eventualidades do dia-a-dia, proteja o seu telemóvel com uma capa, uma película e uma bateria externa.

[sc name=”assina”]