Passos a seguir em caso de telemóvel roubado

Passos a seguir em caso de telemóvel roubado

Um telemóvel roubado pode fazer com que se sinta desamparado e confuso. Neste artigo explicamos o que pode fazer para se preparar para este tipo de situações inconvenientes.

A maioria de nós já experienciou aquela sensação de ansiedade quando não conseguimos encontrar o telemóvel e percebemos que o perdemos, ou pior, que alguém o roubou.

Os smartphones e os dados que eles contêm são muito valiosos para ladrões, já que contêm muitas informações pessoais importantes de valor real e sentimental. Infelizmente, as hipóteses de conseguir recuperar um telemóvel roubado são mínimas.

No entanto, se seguir as etapas corretas antes e depois do roubo do telefone, poderá aumentar as suas hipóteses de recuperação, limitando assim os danos causados.

 

Etapas a seguir em caso de telemóvel roubado

Veja o que fazer quando o impensável acontecer e se aperceber que o seu telemóvel desapareceu. Não desespere, se seguir estas etapas poderá minimizar os danos causados pelo roubo. Vamos saber o que fazer em caso de um telemóvel roubado!

Certifique-se de que não está apenas escondido

Embora normalmente seja muito cuidadoso a manter o seu telefone sempre no mesmo lugar, há grande probabilidade de tê-lo apenas deixado num sítio qualquer com pressa. Tente ligar para ele primeiro e, com sorte, irá ouvi-lo tocar ou vibrar.

Por exemplo, se o deixou num café e alguém o recuperou, peça-lhe que o devolva. Sem resposta quando liga? Tente usar uma app de localização de telemóvel, tal como a Find My iPhone, Google Find My Device ou Samsung Find My Mobile.

A app de localização da T-Mobile, Lookout Mobile, permite até que soe um alarme se o seu dispositivo estiver por perto. Tudo o que precisa de fazer é aceder ao website da app a partir de qualquer navegador web, fazer login usando as suas credenciais e seguir as instruções para localizar o seu telefone num mapa.

Repare que irá precisar de ter essas apps configuradas com antecedência ou elas não irão funcionar. Se a sua app disser que o seu smartphone está próximo, por exemplo, na sua casa ou num lugar que visitou recentemente, então sabe que só precisa de continuar a procurar.

Se estiver em algum lugar onde não esteve e este parece estar em movimento, é claro que outra pessoa está com o seu telefone. E se eles não atenderem quando ligou, há uma grande hipótese de o telefone ter sido roubado.

Dito isso, os ladrões geralmente desligam o telefone imediatamente após roubá-lo, para que ele não apareça nas apps de localização (ou apenas mostre a localização mais recente). Mas se conseguir localizar o telemóvel, deve entrar em contacto com a polícia.

Apresente queixa-crime

É importante não confrontar ladrões. Se acredita que o seu telefone foi roubado, preencha um boletim de ocorrência na polícia em vez de seguir os indivíduos que têm o seu dispositivo, já que isso pode ter um desfecho bastante grave.

Embora as agências de cumprimento da lei não tenham recursos para investigar todos os casos de roubo de telemóveis, se lhes puder dizer onde está o seu telefone (usando uma app de localização), é provável que eles possam ajudá-lo a recuperá-lo.

Tenha em mente que provavelmente não será considerado um caso de alta prioridade, por isso pode levar algum tempo. Mesmo que não consiga o seu telefone de volta, preencher um boletim de ocorrência pode ajudar de outras maneiras.

Por exemplo, em alguns países, os dispositivos que foram dados como perdidos ou roubados são adicionados a uma lista negra nacional. Isso significa que eles não funcionam com nenhuma rede do país.

Se o seu cartão de crédito foi usado como resultado do roubo do seu telefone, a sua instituição financeira pode precisar do número do seu relatório policial como prova de que seu dispositivo foi roubado antes de reembolsar as suas perdas.

Bloqueie o seu telemóvel remotamente

Assim que descobrir que o seu smartphone está com outra pessoa, a prioridade deve ser certificar-se de que a pessoa não pode aceder ao conteúdo do telefone. Para fazer isto, pode bloquear o seu telefone remotamente.

O processo exato depende do seu sistema operativo. Para dispositivos iOS, o Bloqueio de Ativação é acionado automaticamente quando ativa o Find My iPhone (é necessário que tenha sido ativado antes do dispositivo ser roubado). Isto bloqueia o dispositivo para que ninguém possa entrar sem o seu ID de utilizador e senha da Apple.

O aplicativo Find My iPhone também inclui o recurso Lost Mode. Isto exibe uma mensagem personalizada no dispositivo que pode incluir um número de telefone para entrarem em contacto consigo.

Se tem a certeza absoluta de que não vai receber o seu telefone de volta e está preocupado com o facto de ele conter informações confidenciais, pode apagar tudo remotamente com a app Find My iPhone. O ideal é que tenha o seu telefone com um backup, para que ao apagar não haja uma perda de informações permanente.

Também pode bloquear remotamente o seu dispositivo Android através da app Encontre o Meu Dispositivo (que precisa de ser ativada antes de o dispositivo ser roubado). Aqui, vai ter que definir uma nova senha para o ecrã de bloqueio. Na mesma interface, pode executar um apagamento remoto no seu dispositivo, se julgar necessário.

Ligue para a sua operadora de telecomunicações

Se alguém roubou o seu telefone e conseguiu aceder a ele, pode acabar por acumular chamadas, mensagens de texto e cobranças de dados. Ligue para a empresa de telecomunicações imediatamente para suspender o serviço, desativar o dispositivo e possivelmente apagar as suas informações pessoais.

Muitas operadores de telecomunicações também fornecem uma segunda via do cartão SIM, que significa que o seu cartão SIM fica desativado no dispositivo roubado, mas poderá continuar a utilizar o mesmo número de telemóvel noutro dispositivo.

Altere as suas passwords

Alterar as senhas de quaisquer contas associadas ao seu smartphone é uma boa ideia, especialmente se tiver alguma que tenha sido salva automaticamente (embora esta não seja uma boa prática). Além disso, altere a password da sua conta de banco online e outras contas financeiras, por exemplo, apps de investimento.

E quanto a sites de streaming como a Netflix ou a HBO? Se fizer login nesses sites automaticamente, é possível que alguém veja as suas informações de faturação, incluindo detalhes de cartão de crédito. Por isso, também deve alterar essas senhas.

Configure backups automáticos

Se o seu telefone desaparecer para sempre, a perda do próprio dispositivo pode não ser a pior parte da situação. Ter que se desfazer de todas as informações que contém, tais como contactos, calendários, fotos e vídeos, pode ser doloroso.

Hoje em dia, é mais fácil do que nunca recuperar quase tudo no seu telefone fazendo backup automaticamente, ou até utilizando um dispositivo de armazenamento externo, tais como pens USB, discos externos ou armazenamento na cloud.

Subscreva a Mega Garantia contra furtos

E para que possa tomar todas as medidas necessárias para garantir que não perde o dispositivo, a Rádio Popular deixa-o contratualizar uma proteção extra do equipamento no ato da compra. Ao subscrever a Mega Garantia de telemóveis Plus, contra dano e furto qualificado, poderá vir a ser reembolsado caso o seu telemóvel for roubado.

O valor da Mega Garantia depende de dispositivo para dispositivo, mediante o preço base do equipamento a ser segurado, mas é sem dúvida uma ótima forma de minimizar os danos causados pelo roubo.

 

Perder um telemóvel pode ser dos maiores inconvenientes quando falamos de problemas associadas à tecnologia. No entanto, estas dicas que lhe deixamos podem ajudá-lo a minimizar (e prevenir) os danos causados com o roubo do seu dispositivo. Desta forma, valorize a segurança do seu smartphone!

[sc name=”assina”]