Frigorífico novo de porta aberta em cozinha
-

O frigorífico novo vai caber? Como medir em 7 passos

Frigorífico novo de porta aberta em cozinha

Como saber se o frigorífico novo vai caber no local onde o queremos colocar? Há alguns aspetos a ter em consideração, mas se seguir estes 7 passos será fácil.

Antes de escolhermos o eletrodoméstico que pretendemos, temos de averiguar o espaço que este vai ocupar na nossa cozinha. No caso de grandes eletrodomésticos, como o frigorífico, esse aspeto ganha particular relevância. Quer seja um comprador pela primeira vez ou esteja à procura de substituir o equipamento que tem, é importante confirmar se vai caber antes de o comprar.

Não corra riscos: saiba se o seu novo frigorífico vai encaixar no lugar que lhe quer destinar. Com a nossa orientação isso não será difícil. Siga estes 7 passos e evite problemas desnecessários.

 

[su_dropcap class=”dropcap”]1[/su_dropcap] Altura, largura e profundidade

O primeiro passo é o mais óbvio, mas nem por isso deixa de ser fundamental. Antes de mais nada, deve decidir o local onde ficará o seu novo frigorífico. Pode ter mais do que uma opção, mas lembre-se de que não é um eletrodoméstico que se muda de lugar facilmente, pelo que os arrependimentos são, no mínimo, chatos.

Eis as medidas que deve tirar: a altura do espaço de cima para baixo, a largura de um lado para o outro e a profundidade da abertura desde a parede de trás até ao limite na frente dos seus armários de cozinha.

Tenha em atenção pisos desnivelados ou armários que não estão completamente uniformes, principalmente se o frigorífico for de encastre.

 

[su_dropcap class=”dropcap”]2[/su_dropcap] Vai passar pela porta?

Depois de confirmar que o local onde pretende colocar o seu novo eletrodoméstico tem as medidas certas para o receber, há outro tipo de medições a fazer: as portas, corredores e outros meios de acesso por onde o frigorífico terá de passar até chegar ao local destinado.

Deve precaver-se contra pequenas entradas, portas estreitas e corredores com mobília que poderão impedir a passagem. Lembre-se, ainda, de que o transporte do eletrodoméstico pode ter de ser feito colocando o objeto na diagonal ou recorrendo a um carrinho de transporte, o que exige ainda mais espaço.

 

[su_dropcap class=”dropcap”]3[/su_dropcap] A porta abre sem impedimentos?

Se tem dificuldades em aceder a certas partes do frigorífico ou se é difícil abrir a porta na totalidade, vai ficar incomodado rapidamente. A maior parte das portas destes eletrodomésticos abrem a 90 graus ou mais, para que seja possível abrir na totalidade gavetas e outros compartimentos interiores.

Verifique que há espaço para isso e que abrir a porta não implica atingir outros armários, balcões ou outros eletrodomésticos.

 

[su_dropcap class=”dropcap”]4[/su_dropcap] Evitar danos colaterais

O frigorífico novo pode ter encaixado perfeitamente no lugar que pretendia, mas se tiver ficado demasiado à justa pode acarretar problemas. As dobradiças do equipamento podem raspar a parede da cozinha ou o armário, se for de encastre.

Deixe espaço suficiente no lado da dobradiça, para que a porta se abra sem que atinja as paredes. Aproximadamente 5 centímetros de espaço extra devem ser o suficiente para que a dobradiça funcione corretamente e mantenha as paredes sem defeitos.

 

[su_dropcap class=”dropcap”]5[/su_dropcap] Permitir a ventilação

Dê ao seu frigorífico novo espaço para respirar. Negar-lhe a ventilação adequada pode fazer com que use mais energia do que o necessário, o que não só aumenta a conta da luz no fim do mês, como também pode danificar o motor ou o compressor.

Bastam uns centímetros — 2, por exemplo — de espaço extra em cima e na parte de trás para que o seu aparelho possa funcionar na sua plenitude.

 

[su_dropcap class=”dropcap”]6[/su_dropcap] Consegue retirá-lo do sítio para limpar o chão?

É muito fácil esquecer-nos da sujidade que não vemos. Por baixo deste tipo de aparelhos acumula-se todo o tipo de pó e sujidade que pode afetar o desempenho do eletrodoméstico.

Certifique-se de que consegue aceder a todas as partes que envolvem o frigorífico ou que o consegue arrastar para fora do lugar — e depois voltar a colocá-lo no sítio — com a desenvoltura de que precisa uma limpeza algo assídua.

 

[su_dropcap class=”dropcap”]7[/su_dropcap] Acesso à canalização

Alguns modelos de frigoríficos têm recursos muito sofisticados, incluindo uma máquina interior de fazer gelo, por exemplo. No entanto, esse tipo de funcionalidades pode estar dependente de ter o seu equipamento ligado a canalização, para garantir o abastecimento de água necessário.

Se vai apostar num frigorífico com dispensador de água ou de gelo que exija canalização, tenha esse aspeto em consideração. Não só se o local onde o pretende inserir tem esse tipo de acessos, como o espaço para a ligação.

Depois de ter posto em prática estes 7 passos, estará pronto a receber o frigorífico novo que quer, sem complicações.

[sc name=”assina”]