Proteja o computador e evite vírus
-

MacBook: a simbiose entre forma e função

O computador portátil da Apple é um produto bastante distinto no mercado. Os MacBook Air e MacBook Pro continuam a ser aprimorados e a surpreender.  

O MacBook, a linha de computadores portáteis Macintosh, não deixa ninguém indiferente. A Apple lançou o modelo original em 2006 e relançou-o em 2015. Este é um produto que tem dado que falar e são muitos os que discutem as suas vantagens em relação ao preço. Atualmente, dois modelos se destacam: o MacBook Air e o MacBook Pro.

 

MacBook Air

Já era um dos Macs preferidos, e agora está cheio de novidades para que todos se apaixonem novamente por ele. O novo MacBook Air — disponível em prateado, cinzento sideral e dourado — está mais fino e leve, e vem equipado com um espetacular ecrã Retina com tecnologia True Tone, Touch ID, teclado de última geração e trackpad Force Touch.

O design icónico é criado a partir de alumínio 100% reciclado, para que seja o Mac mais ecológico de sempre. Com bateria para todo o dia, o MacBook Air é o portátil perfeito para qualquer tarefa.

 

MacBook Pro

Com grande poder vem grande produtividade. O MacBook Pro redefine o nível de desempenho e mobilidade que se espera de um portátil. Graças aos processadores, à memória de alto desempenho, aos gráficos avançados e ao armazena­mento ultra‑rápido, as suas ideias e projetos podem ir mais longe. E mais depressa.

Tal como todos os produtos da Apple, há diversas razões que tornam este aparelho tão popular. Vamos explorar algumas delas.

 

Características diferenciadoras

Forma e função

Às vezes parece-nos que os equipamentos da Apple são um mundo à parte. Isso tem um fundo de verdade. O facto é que a empresa multinacional norte-americana desenha e produz o seu próprio hardware e software.

Esta é uma das suas maiores forças, uma vez que lhe confere o poder de criar um sistema operativo — MacOS — e um conjunto de aplicações feitos à medida.

É difícil argumentar contra o valor estético de um MacBook. Aliás, todos os produtos da Apple primam pelo seu design, onde a aparência e a sensação são extraordinários. São casos onde a forma não fica atrás da função. Esta é uma característica que não desagrada a ninguém.

Ecossistema Apple

Os produtos da Apple criam um ecossistema em si mesmos. A conectividade entre dispositivos é um dos argumentos mais fortes que a Apple tem a seu favor.

O AirDrop – sistema de transferência de ficheiros – é um bom exemplo desta filosofia de sincronização: permite aos utilizadores transferirem ficheiros de grandes dimensões entre os aparelhos sem qualquer problema. Se tirar uma foto no iPhone, esta será automaticamente sincronizada através do iCloud para o iPad e iMac sem nenhum software externo.

Notas, Lembretes, Calendário, e-mail: todas estas aplicações estão em sintonia. São sincronizadas automaticamente, permitindo ao utilizador dar continuidade a qualquer tarefa de um dispositivo para outro.

Da mesma forma, pode enviar mensagens de texto para os seus contactos através do iPhone, iPad e Mac, iniciando uma conversa em um dos dispositivos e continuar noutro.

Nenhuma outra marca conseguiu, até agora, igualar esta experiência. Se já tem algum produto da Apple, o MacBook integra-se com esse produto rápida e facilmente. Esta integração tem sido ainda mais aprimorada ao longo do tempo.

 

Atualizações rápidas

Não há tantos Macs como, por exemplo, PCs, pelo que os bugs são eliminados rapidamente. O sistema operativo MacOS é constantemente atualizado e vê uma nova  versão lançada anualmente. É muito mais fácil manter o seu sistema atualizado.

Durabilidade

Os Macs recebem atualizações regulares de software que os tornam mais capazes com o passar do tempo. No entanto, as versões mais antigas do MacOS continuam a disponibilizar correções de bugs (falha no equipamento em executar determinada tarefa e impossibilidade em correr o programa que se pretendia) para manter os equipamentos seguros.

O facto de o material com que são produzidos ser alumínio e não plástico aumenta significativamente o tempo de vida e resistência dos aparelhos, pelo menos no que diz respeito à sua parte exterior.

Apoio técnico gratuito

O facto de a Apple produzir o hardware e o software dos seus aparelhos, permite-lhe conhecer a fundo as suas especificações e as necessidades de cada produto. Os técnicos do apoio ao cliente estão muito bem preparados para lidar com qualquer situação que possa surgir e disponíveis para o fazer.

 

Satisfação do consumidor

Não há como contornar a questão de que os MacBooks são caros. No entanto, inquéritos de satisfação feitos pela Apple com regularidade mostram que muito poucos ou nenhuns compradores se arrependem da escolha.

Quando se pondera acerca de tudo o que se está a adquirir — hardware de excelente aparência e sensação, software constantemente atualizado, suporte técnico preparado e gratuito e conectividade entre dispositivos — é bem provável que valha a pena.

[sc name=”assina”]