Humidificador Beurer
-

Humidificador, desumidificador e purificador: o que os distingue

Humidificador Beurer

O que é um humidificador? Como se diferencia de um desumidificador? E um purificador serve para quê? Vejamos a distinção entre estes 3 equipamentos e compreender para que circunstâncias servem cada um deles. 

Os seres humanos estão eternamente dependentes do clima e dos fatores que influenciam o ar que respiramos. Durante os meses de inverno, há demasiada humidade. O calor do verão torna o ar muito seco e os pólenes das flores prejudicam até quem não é alérgico. Assim sendo, faz-nos falta um humidificador, um desumidificador, um purificador ou uma combinação dos três?

O local onde vivemos, o estado da nossa saúde, os ambientes que frequentamos e o consumo energético da sua habitação são fatores que vão influenciar a utilidade de qualquer um destes equipamentos. O certo é que a médio e/ou longo prazo irá notar a diferença.

 

Humidificadores

A qualidade do ar no nosso dia a dia, tirando algumas exceções de quem tem a sorte de frequentar ambientes mais ventilados, não é a melhor. Entre a poluição das grandes cidades e os ares-condicionados dentro do local de trabalho, não estamos a fazer nenhum favor à nossa saúde.

A humidade dentro das divisões é fundamental para o nosso bem-estar. Um nível saudável de humidade relativa deve estar entre os 40% e os 60%, segundo recomendações da Organização Mundial de Saúde, tanto no verão como no inverno. Quando esses valores não se verificam naturalmente, é quando recorremos a equipamentos que nos ajudam a regularizar a humidade.

Um humidificador ajuda a manter um nível adequado de humidade para que possa respirar fundo com toda a confiança. Crianças, idosos e pessoas com o sistema imunológico mais frágil estão particularmente vulneráveis a problemas de saúde relacionados com a secura do ar. Se vive num clima seco ou tem o aquecimento ligado demasiado tempo, também poderá estar a agravar a situação.

Há 3 tipos de humidificadores: os de vapor quente, os de vapor frio e ainda os de vapor frio ultrassónico.

Humidificadores de vapor quente

O vapor quente elimina germes e vírus durante a sua formação no humidificador, razão pela qual alguns pediatras recomendam o uso deste aparelho no quarto dos bebés. Os humidificadores a vapor quente fervem a água através de uma resistência elétrica, por isso, consomem um pouco mais de eletricidade do que os de vapor frio.

Também há a probabilidade de aumentarem a temperatura da divisão entre 1 a 3 graus. Há que ter em atenção o risco de queimaduras com o vapor em caso de acidente.

Humidificadores de vapor frio

A forma de funcionar destes equipamentos é absorver o ar e fazê-lo passar por um filtro constantemente molhado, para depois o devolver sob a forma de vapor frio. Uma vez que a água não é fervida, os humidificadores de vapor frio são pouco barulhentos. Também são bastante procurados pelo seu preço acessível.

O único cuidado a ter com este aparelho é o de limpar regularmente para evitar a acumulação de germes.

Humidificadores de vapor frio ultrassónicos

Nestes aparelhos, o vapor produzido encontra-se à temperatura ambiente, pelo que a névoa que dispersa é refrescante, mas não arrefece. Em vez de ferverem a água, os humidificadores de vapor frio geram uma fina camada de vapor através de ondas de ultrassons. O vapor em questão, por ser tão leve, penetra melhor nas vias respiratórias.

São ainda mais seguros do que os aparelhos referidos anteriormente — fica eliminado o risco de queimaduras por vapor quente —, consomem menos eletricidade e são mais silenciosos. No entanto, requerem uma limpeza muito frequente para evitar a acumulação de bolor ou bactérias.

 

Desumifificador DELONGHI DEX210

Desumidificadores

Demasiada humidade em determinado ambiente pode causar crescimento de fungos e ácaros, maus cheiros, danos na mobília e outros itens domésticos, entre outros.

O desumidificador, tal como o nome indica e ao contrário do humidificador, existe para absorver o excesso de humidade do ar de um espaço fechado. O ventilador do aparelho absorve o ar húmido e dirige-o para uma serpentina fria que condensa o vapor em água, a qual depois é recolhida num depósito e o ar expulso sai seco. A maior parte dos aparelhos desligam-se automaticamente quando o depósito de água está cheio. Só tem de o retirar e despejar a água.

Um aspeto prático para o qual o desumidificador por vezes é aproveitado é o de acelerar o processo de secagem da roupa quando a mesma tem de ser estendida dentro de casa. Coloque o equipamento junto ao estendal e verá o resultado.

 

Purificadores

Os purificadores são o melhor aliado que poderíamos ter no controlo da sujidade do ar. Estes pequenos aparelhos são capazes de manipular as partículas poluentes, fumo, pólenes, ácaros e cheiros desagradáveis que — infelizmente — por vezes temos por casa.

Habitualmente dotados de filtros HEPA — High Efficiency Particulate Air —, um purificador faz passar o ar através do filtro, retendo e eliminando cerca de 99% dos agentes nocivos. Como bónus, alguns purificadores permitem a mistura de óleos aromáticos, para dar um toque agradável ao ambiente limpo.

Xiaomi Mi Air Purifier

Nem sempre podemos arejar a nossa casa convenientemente, seja porque o clima não favorece estes empreendimentos, por motivos de segurança ou porque não estamos muito tempo em casa. Os mais variados motivos levam a reduzidas taxas de renovação do ar com implicações diretas nos níveis de qualidade do mesmo.

Assim, a ventilação fica por conta destes pequenos gadgets — humidificadores, desumidificadores e purificadores —, que nos ajudam a viver e até a dormir melhor, e a respirar mais livremente.

[sc name=”assina”]