Fotografia a preto e branco: tudo o que precisa de saber

A arte da fotografia a preto e branco é surpreendentemente difícil de dominar. Não basta colocar um filtro e voilá! Neste artigo vamos tentar explicar os conceitos básicos da fotografia a preto e brando, também conhecida como fotografia monocromática.

Se é fotógrafo experiente ou se está apenas a estrear-se no mundo da fotografia, a fotografia a preto e branco pode ser uma técnica importante para levar as suas imagens a outro nível. Vamos conhecer tudo sobre ela.

 

Tudo sobre a fotografia a preto e branco

A fotografia a preto e branco é a arte de utilizar diferentes tons de cinzento, do mais claro ao mais escuro, para criar imagens convincentes e emotivas. No mundo da fotografia, a cor pode ser vista como uma distração, pelo que fotografar a preto e branco pode criar uma maior simplicidade nos seus resultados finais.

Qual a razão para fotografar a preto e branco?

Existem sete elementos essenciais de fotografias a preto e branco de alta qualidade: a sombra, o contraste, os tons, as formas, as texturas, a composição e a emoção. No entanto, é preciso ter uma razão para fotografar a preto e branco, já que nem todos os cenários geram bons resultados.

Pergunte-se sempre: porque estou a eliminar a cor de uma determinada fotografia? Porque é que é tão importante fotografar estes objetos, paisagens ou pessoas desta forma? Este é meio caminho andado para perceber qual o seu objetivo em tirar determinada fotografia a preto e branco.

As fotografias a preto e branco podem ser ótimas, mas se não conseguir identificar uma boa razão, talvez a sua fotografia não seja destinada a ser monocromática.

Preto e Branco versus Monocromático

Talvez tenha reparado que existem dois termos comuns que se referem à mesma coisa: preto e branco e monocromático. No entanto, mesmo que possa ver estas palavras usadas indistintamente, elas não são idênticas.

A palavra monocromático significa “de uma única cor”. Assim, as fotografias monocromáticas podem ter uma tonalidade de cor, assumindo que é apenas de uma cor. As verdadeiras fotografias a preto e branco não têm cor alguma — são inteiramente pretas, cinzentas e brancas.

Equipamento fotográfico

De um modo geral, quando capta fotografias a preto e branco, pode continuar a usar a câmara que já tem, pois esta deverá funcionar tanto para imagens monocromáticas como para imagens com cor.

É importante mencionar que existem câmaras que fotografam apenas fotos monocromáticas, que oferecem imagens mais nítidas a preto e branco do que o que se pode obter com uma câmara a cores. No entanto, acaba por ser mais prático possuir uma câmara que fotografe tanto a cores como a preto e branco.

O poder dos filtros

Quando estiver a aprender sobre o equipamento fotográfico para fotografia a preto e branco, pode deparar-se com alguma informação sobre filtros. Com film a preto e branco — ou se fotografar com uma câmara digital monocromática — é importante utilizar os filtros na parte frontal da lente para alterar o contraste e os tons das suas imagens.

A escolha do filtro tem um efeito importante em cada fotografia a preto e branco. O filtro azul bloqueia a luz vermelha, escurecendo alguns elementos da fotografia. O filtro verde ilumina tudo o que é verde. Por último, um filtro vermelho escurece o céu e outros elementos azuis da fotografia, ao mesmo tempo que ilumina tudo o que é vermelho.

Os fotógrafos raramente utilizam filtros a cores para fotografia a preto e branco, já que é possível imitar muitos dos mesmos efeitos no pós-processamento, ajustando os canais de cor individuais.

A emoção da fotografia a preto e branco

Fotografar a preto e branco não pode estar só reduzido a fotografar sem cor por uma questão estética. Como anteriormente explicado, a cor pode ser uma distração, provocando um resultado final fotográfico confuso relativamente àquilo a que se quer dar destaque.

Por essa razão, fotografar a preto e branco pode tornar os elementos de um paisagem, de um cenário, de um rosto ou até de uma multidão muito mais expressivos do que fotografias a cor. Pense no objetivo que quer transmitir: será tristeza, contemplação, simplicidade ou confusão? Tudo depende daquilo que quer retratar no seu trabalho.

Reduzir a importância da cor, dando destaque às várias tonalidades cinzas, às texturas presentes na fotografia, ao destaque e contraste entre sombras, objetos ou pessoas, pode ajudá-lo a conseguir alcançar uma imagem final muito mais intensa e com uma capacidade de reação mais instantânea por parte de quem a aprecia.

O pós-processamento das imagens

Existem várias aplicações e plataformas de edição de imagem que pode utilizar para tornar as suas imagens a preto e branco, caso não tenha escolhido capturá-las dessa forma através de uma máquina fotográfica ou queira apenas fazer uns ajustes finais.

Algumas sugestões para pós-processamento das fotografias a preto e branco são o Adobe Lightroom, Adobe Photoshop ou o Nik Silver Efex Pro, plataformas de edição poderosíssimas e capazes de transmitir um enorme realismo às fotografias, levando-as mesmo ao nível da fotografia profissional.

 

A fotografia a preto e branco é estranhamente difícil. É necessário trabalhar com luz, sombra e os elementos de composição para contar uma história e captar as emoções que se tem em mente ao fotografar. Embora exija prática, a fotografia a preto e branco vale a pena o esforço.

[sc name=”assina”]