Como gerir os backups do seu iPhone no macOS Catalina

Quantas vezes queremos transferir conteúdos do smartphone para o computador mas não o fazemos por falta de conhecimento? No que diz respeito ao sistema iOS da Apple, o processo é mais fácil do que parece. A aplicação iTunes pode ter desaparecido, mas ainda é possível fazer backups do seu dispositivo iOS no Mac.

Para utilizadores de iPhone e iPad que ainda conectam os seus dispositivos ao Mac para sincronização e backups, há alterações na versão mais recente do sistema operativo do Mac. No macOS 10.15 Catalina, a app iTunes desapareceu. Vamos perceber como continuar a fazer o backup com a máxima das seguranças!

 

A melhor forma de fazer o backup de dispositivos iOS

Anteriormente, a sincronização dos dispositivos da Apple era feita através da app iTunes, mas com a mais recente atualização do sistema operativo, o processo ficou relativamente mais simples: agora utiliza-se o “Finder” (para utilizadores Mac, assemelha-se à forma como consultamos um disco rígido ou um servidor) para fazer backup entre dispositivos.

O backup é o processo de transferência de certos conteúdos ou ficheiros de um dispositivo para o outro e pode ser extremamente útil para libertar algum espaço no seu smartphone ou simplesmente para organizar os seus ficheiros mais importantes.

Encontrar o dispositivo iOS no Finder

Quando conecta o seu iPhone ou iPad ao Mac, usando um cabo, ele surge na janela do Finder. No macOS Catalina, o seu dispositivo está na coluna da esquerda, na secção “Locais”. Se for a primeira vez que estiver a conectar o dispositivo Mac e iOS, será solicitado que emparelhe os dois no Mac e terá que confiar no Mac, no seu dispositivo iOS.

Quando clicar no seu dispositivo iOS, na coluna da esquerda, a janela é preenchida com algumas informações que se parecem muito com as informações que costumava ver na aplicação iTunes.

Fazer o backup do seu dispositivo iOS no macOS Catalina

Em primeiro lugar, conecte o seu iPhone ou iPad ao seu Mac através de um cabo. De seguida, abra a janela no Finder (ou pressione Command-N). Na secção “Locais”, na coluna esquerda da janela do Finder, procure o seu dispositivo e clique nele. As informações sobre o seu dispositivo devem aparecer no lado direito da janela.

Clique no botão Geral, na parte superior da janela, se ainda não estiver ativo. Depois, procure a secção Backups. A partir daqui, tem algumas opções a considerar: pode optar por fazer backup dos “dados mais importantes” para o iCloud ou fazer backup de todos os dados do seu dispositivo no Mac.

Se deseja criptografar os backups no seu Mac, marque a caixa de seleção “Criptografar backup local”. Para tomar esta decisão, é necessário criar uma senha.

Quando estiver pronto para fazer backup do seu dispositivo, clique no botão “Fazer backup agora”. Também pode clicar no botão “Sincronizar”, na parte inferior da janela.

Como restaurar o seu dispositivo iOS no macOS Catalina

Caso precise de restaurar o seu iPhone ou iPad utilizando um backup no seu Mac, nós contamos-lhe como isso pode ser feito. Os passos são os mesmos para chegar até à secção de “Backups”, por isso consulte novamente o pequeno tutorial acima.

Quando finalmente chegar à secção “Backups”, clique no botão “Restaurar Backup”. Aparecerá de imediato uma janela onde pode escolhe qual backup usar para restaurar. Se clicar no menu pop-up chamado “backup“, poderá escolher qual backup usar. Escolha um.

De seguida, digite a sua senha na secção “Senha”. Clique em “Restaurar” para iniciar o processo. Isto poderá levar alguns minutos até estar concluído.

Como gerir backups de dispositivos iOS no macOS Catalina

Quando faz backup do seu dispositivo iOS no Mac, ele nem sempre substitui o backup anterior. Isto é útil no caso de o querer restaurar num momento diferente. Mas cada backup ocupa espaço de armazenamento. Por isso mesmo, é possível excluir os backups que não deseja.

Novamente, repita o tutorial acima para chegar à secção “Backups“. De seguida, clique no botão “Gerir backups“. Uma lista chamada “Backups de dispositivos” será exibida. Eles são designados com base no nome do dispositivo que foi copiado e na data. Pode selecionar um deles e clicar em “Excluir backup“, se desejar excluí-lo.

Como vê, não há nada de complicado em fazer o backup dos seus dispositivos Apple. A marca terá feito esta atualização para facilitar o processo de transferência de ficheiros entre aparelhos, e o utilizador pode agora usufruir disto de uma forma prática, fácil e rápida. Por isso, não espere mais: aproveite para pôr os seus backups em dia!

[sc name=”assina”]