Adobe Document Cloud
-

Como converter um ficheiro PDF em JPEG e em Word (para Windows e macOS)

Adobe Document Cloud

É fácil converter um ficheiro em PDF, já o processo contrário pode revelar-se complicado. Descubra como transformar PDFs em ficheiros JPEG ou Word — para macOS e Windows.

Os ficheiros PDF (Portable Document Format)​ são bastante populares, principalmente em ambiente profissional ou académico. Tornaram-se o documento padrão​ devido ao seu formato, o qual garante que o ficheiro possa ser acedido em qualquer dispositivo e sem desvirtuar a formatação.

Os documentos PDF diferenciam-se pelo seu pequeno tamanho, por serem seguros e pela possibilidade de serem acedidos em qualquer plataforma ou sistema operativo.​

Dito isto, por vezes precisamos de editar o documento ou de o obter num qualquer outro formato. Assim sendo, terá de o converter. Se é JPEG ou Word (ou formatos equivalentes) que pretende, nós dizemos-lhe como o fazer. As seguintes dicas são aplicáveis em macOS e Windows.

 

Como converter um PDF em JPEG

Em macOS

A Apple integrou o Preview como padrão para visualização de PDFs no macOS. Pode usar este programa para converter facilmente qualquer ficheiro PDF em JPG e em muitos outros formatos, mantendo a aparência do PDF.

Assim sendo, é desnecessário instalar o Adobe Acrobat Reader DC ou qualquer outro software secundário. Na maioria dos casos, o Preview será usado para visualizar o PDF.

Assim sendo, converter um PDF em JPG / JPEG é bastante simples. Comece por abrir o ficheiro em Preview. Do lado esquerdo, selecione a página que quer converter (terá de o fazer uma a uma). Na barra superior selecione “File” e depois “Export”. Na janela que aparecer pode alterar o nome do ficheiro — ou manter o nome já existente — e escolher o destino onde este ficará guardado.

Na parte de baixo dessa mesma janela encontrará a opção de “Format”, onde deve selecionar JPEG ou JPEG-2000 como formato de exportação (também pode definir a qualidade e resolução que pretende). Guarde as alterações.

Também é possível converter um PDF em JPEG através do Acrobat DC. O processo é o mesmo que se verifica nos computadores Windows e tem a vantagem de poder converter um documento inteiro de uma só vez, não página a página.

No Windows

Há 2 formas muito seguras de converter um PDF em JPG / JPEG em computadores com o software da Microsoft sem recorrer a outros programas online.

A forma mais simples é através do Adobe Acrobat DC. Caso não tenha este programa, pode instalá-lo de forma fácil, segura e gratuita.

Abra o ficheiro que quer converter no Acrobat e no menu do lado direito selecione “Exportar PDF”. Em “Formato” terá várias opções. Selecione “JPEG”. Na caixa de verificação, não selecione a opção “Exportar todas as imagens” e carregue em “Exportar”. Escolha o local onde quer guardar o ficheiro, dê-lhe um nome e guarde as alterações.

A segunda opção é através da aplicação PDF to JPEG que poderá encontrar na Windows Store. É gratuita e segura. Depois de a instalar, abra a app e clique em “Selecionar Ficheiro” na barra superior. Irá surgir uma janela, na qual deve escolher o ficheiro PDF que quer converter. Clique em “Converter” e já está. Poderá encontrar o seu JPEG na mesma pasta onde tinha o PDF.

Estes métodos são compatíveis com o Windows 8.1 e 10.

 

Como converter um PDF em Word

Se quiser ou precisar de gostaria de editar o conteúdo de um ficheiro PDF terá de o converter para outro formato, uma vez que esse não permite alterações.

Ao contrário da conversão para JPEG, nem os equipamentos Windows nem os macOS contemplam a possibilidade de converter para Word sem recorrer a programas externos, a não ser que faça copiar colar de todo o conteúdo. Assim sendo, indicamos 3 opções de como o pode fazer.

Se o ficheiro em questão estiver protegido por palavra-passe, será necessário removê-la primeiro e só depois poderá iniciar o processo de conversão .

Opção 1: Converter PDF em DOCX através do Google Docs

O Google Docs possui uma ferramenta de conversão de PDF bastante eficaz. Comece por aceder ao site do Google Docs e fazer login com uma conta Google (é um requerimento necessário para utilizar este programa). Perto do canto superior direito encontrará o símbolo de uma pasta para “Abrir um ficheiro”. Clique e das cinco opções que surgem horizontalmente escolha “Carregar”.

Aqui poderá selecionar um ficheiro a partir do seu dispositivo. Escolha o PDF que pretende converter. Poderá confirmar que ao adicionar o ficheiro ao Google Docs este foi automaticamente convertido em texto. Por fim, basta transferir este documento de novo para o seu dispositivo, guardando-o como preferir.

Para isso, abra o documento, na barra de opções superior selecione “Ficheiro” e “Transferir”. Pode fazê-lo como DOCX, ODT, RTF, entre outros. Depois é só guardar. A formatação original do PDF é devidamente preservada.

Opção 2: Converter em Doc / DOCX / Web através do Adobe Acrobat Export

A opção de mais qualidade é, naturalmente, a da Adobe. Uma vez que este é o programa criador de PDFs não é surpreendente que também tenham a ferramenta de converter ficheiros noutros formatos.

Pode fazê-lo através do Adobe Acrobat Exporter Online, um programa online que, por isso mesmo, é compatível com qualquer sistema operativo — Mac OS X, iOS, Windows ou Linux​ — e permite converter o ficheiro PDF em DOC, DOCX, RTF ou até Excel XLSX.​

No entanto, é uma ferramenta paga e que não existe em versão teste, pelo que compensa principalmente para quem precisa de converter ficheiros com muitas páginas frequentemente e quer assegurar a qualidade da conversão.

Opção 3: Utilizar outros programas

Para além do Adobe, há várias outras opções no que se refere a programas pagos para converter PDFs. Podem não ser mais baratos, mas incluem versões de teste gratuitas para que possa experimentar e determinar se correspondem às suas necessidades.​​

Procure um programa com recursos de OCR (reconhecimento ótico de caracteres), uma vez que identificam e extraem o conteúdo de um ficheiro PDF com mais precisão. ​Sugerimos o CISDEM PDF Converter OCR​ ou o Wondershare PDFElement​, compatíveis com Windows e macOS.

[sc name=”assina”]