Pessoa de perfil escuro a fazer backup dos dados do smartphone
-

Backup dos dados do smartphone: os melhores métodos

Pessoa de perfil escuro a fazer backup dos dados do smartphone

Imagine a possibilidade de ficar sem memórias insubstituíveis — o seu histórico de mensagens, contactos, música, vídeos, fotografias, aplicações — e dados pessoais (senhas, notas). Não subestime a importância de um backup de segurança dos seus dados do smartphone.

Temos toda a nossa vida no nosso telemóvel. Perder todos os dados que lá estão armazenados pode ser pior do que efetivamente ficar sem o aparelho. Fazer backup de segurança dos dados para uma eventualidade é uma opção inteligente e que pode vir a ser muito útil, principalmente se a informação for privada e inestimável.

Ainda por cima, fazer cópias de segurança com regularidade não é difícil, independentemente da marca ou modelo de smartphone que tem. De um modo geral, os fabricantes de smartphones e os produtores de sistemas operativos móveis implementam processos de backup que simplificam as coisas.

Há vários métodos pelos quais pode optar.

 

Backup do sistema operativo iOS

Através do iTunes

Desde o início que a Apple ofereceu o iTunes como a única opção para sincronizar e fazer backup de um iPhone. Mais tarde, adicionou a opção de o fazer através da iCloud.

Para fazer uma cópia de segurança inteiramente no computador use o iTunes. Desta forma, se perder o telemóvel, se precisar de o restaurar ou se quiser transferir tudo para um novo, o iTunes carregará o arquivo de backup no novo dispositivo e colocará tudo exatamente onde estava.

Pode ser muito conveniente para manter um backup semanal, que pode usar para substituir o anterior. Já para não falar de que desta forma evita ter que fazer o download de tudo novamente. Basta conectar o seu iPhone a um PC — Mac ou Windows —, iniciar o iTunes e selecionar “Backups” > “Manually Backup and Restore” > “Back Up Now” para que isso aconteça.

Se já tem um backup antigo armazenado no computador e deseja economizar espaço, pode excluir o anterior acedendo à barra de menu e selecionando “iTunes” > “Preferences” > “Devices” e apagando-o.

Através da iCloud

A iCloud é uma boa ferramenta para cópias de segurança do básico, como contactos, correio, notas, calendário, lembretes e fotos. Os primeiros 5 GB de armazenamento em nuvem são gratuitos, mas se quiser mais espaço terá de o comprar. As opções de armazenamento variam entre 50 GB, 200 GB e 2 TB.

A vantagem da iCloud é que funciona em segundo plano. Ao entrar numa rede wi-fi, a aplicação pode guardar fotos, vídeos e outras aplicações que foram entretanto adicionadas ao seu telemóvel. Esse upload automático é como uma apólice de seguro. Só precisa de ter espaço suficiente para guardar tudo. Para ativar esta funcionalidade vá a “Settings” > [nome] > “iCloud” > “iCloud Backup” e ative o “iCloud Backup”.

Para além disso, a iCloud fará cópia de segurança dos dados das aplicações, das configurações do dispositivo, do histórico das mensagens, do histórico de compras do iTunes e até do correio de voz.

 

Backup do sistema operativo Android

Atualmente, com o sistema operativo Android realizar cópias de segurança é muito mais simples. É importante ter uma conta no Google para iniciar qualquer processo de backup, que irá cobrir os contactos, a agenda, as aplicações e as compras no Google Music.

Se antes o Google não incluía dados das aplicações, agora já não é o caso. Preferências, configurações e jogos guardados podem ser transferidos, mas há um senão: essa funcionalidade cabe aos criadores das aplicações, pelo que não é garantido o quanto cada aplicação guarda.

Para descobrir, deve aceder a “Settings” > “Backup” > “App data”. Depende, no entanto, do dispositivo Android que está a usar.

Tem sempre a opção de restaurar o seu equipamento atual a partir de um smartphone ou tablet Android antigo, o que automaticamente faz o download de quaisquer aplicações guardadas para o novo dispositivo. Exceção feita para o seu histórico de mensagens — se fizer muita questão, há outras soluções para isso.

Fotos e vídeos são relativamente fáceis de armazenar através do Google Photos. Esta app baseada em armazenamento em nuvem faz cópias de segurança automaticamente, mesmo que use diversos aparelhos.

Através do Google Drive

Para fazer cópia de segurança de tudo dentro do seu smartphone, à semelhança da Apple com o iPhone, o Google Drive pode ajudar. Tem acesso a 15 GB de forma gratuita. Se quiser armazenamento extra, terá de o adquirir. O Google Drive também não guarda o seu histórico de mensagens.

Se deseja fazer backup de configurações e aplicações deverá clicar em “Settings” > “Accounts and Backup” > “Backup and restore” > “Backup my data (toggle On)”. Não precisa do Google Drive para esta parte.

Para alterações na resolução do Google Photos — backups com menos resolução ocupam menos espaço — abra a aplicação, clique em “Settings” > “Backup and sync” > “Upload size” e escolha a opção desejada.

Felizmente, nem tudo precisa de backup. Por exemplo, as suas assinaturas de serviços de streaming, as listas de reprodução e preferências, serão salvaguardadas na nuvem. O Google Play Music, o Spotify, a Netflix, entre outros, guardam as suas configurações. Basta fazer o download destas aplicações no novo dispositivo, fazer o login e os seus dados estarão lá.

Através de outras aplicações

Não faltam aplicações na loja do Google Play que oferecem várias soluções de cópias de segurança. Algumas gratuitas, outras não. Consulte os preços e as avaliações de cada aplicação para que possa escolher o que melhor se adequa a si.

 

Outras opções

Telemóveis que incluem entradas para cartão de memória podem ser uma forma de fazer backup de determinados arquivos. Não serve apenas para expandir o armazenamento interno do seu dispositivo. Mover manualmente as imagens ou arquivos para um disco rígido externo também é uma opção.

Em teoria, pode usar qualquer serviço baseado em nuvem como forma de cópia de segurança, embora com algumas limitações. Atualmente, não é difícil acumular gigabytes de dados em um smartphone, e os serviços em nuvem geralmente não oferecem uma quantidade proporcional gratuitamente. Se estiver disposto a pagar um pouco mais, o caso muda de figura.

Também pode enviar manualmente fotos ou documentos para um serviço em nuvem, como o Dropbox, sempre que quiser, diretamente do seu telemóvel. Essa pode ser uma ótima maneira de garantir que tem fotos armazenadas com segurança.

Independentemente das metodologias escolhidas, o resultado final é que o backup do seu smartphone é uma parte crucial da manutenção inteligente dos seus dados.

[sc name=”assina”]